Comércio via smartphones contribui para o aumento das vendas online

em Tray.

Vendas por dispositivos mobile cresceram 34% em 2017; previsão para 2018 é atingir 40% de alta

São Paulo, junho de 2018 – Com o crescimento do tráfego nas lojas por meios como celulares e tablets, muitos comércios eletrônicos têm visto suas vendas totais subirem. Números da Tray, unidade de e-commerce da Locaweb, mostram que no ano de 2017 o tráfego via dispositivos mobile foi responsável por 29,34% da navegação total das lojas.

Apesar de alguns consumidores ainda sentirem-se inseguros ao finalizarem a compra ou mesmo apresentarem dificuldades com a interface, o crescimento nas vendas via m-commerce subiu 34% no ano anterior, em comparação a 2016. Para 2018, a previsão é que esse número chegue aos 40%, de acordo com a Tray.

O Google também tem impactado o aumento das vendas ao privilegiar em seus resultados de busca os sites que oferecem uma versão mobile. Com esse sistema de ranqueamento, além das lojas se preocuparem ainda mais com a navegabilidade, isso também passou a interferir diretamente na compra dos clientes que, agora, têm maior facilidade para acessar os dispositivos de qualquer lugar.

Nesse cenário, quem tem percebido o impacto do m-commerce é a Modelado, loja de produtos voltados para o público feminino. Edgard Rios, fundador do empreendimento, afirma que as finalizações por mobile commerce chegam a quase 90% do total de vendas, uma vez que as campanhas de divulgação são apoiadas em redes sociais, como Facebook e Instagram, abrangendo um público gigantesco e aumentando o volume de conversões.

“Existe hoje uma série de motivos que está facilitando o crescimento do m-commerce, como o aumento de smartphones no Brasil e a facilidade de acesso à internet por meio desses aparelhos. Além disso, cada vez mais os e-commerces têm investido em interfaces mais amigáveis e transações mais seguras, tudo pensando na experiência do consumidor”, explica Willians Marques, diretor-geral da Tray.