VPS é aposta pioneira da Locaweb

em Produtos.

Preço competitivo e servidores com armazenamento SSD são algumas vantagens do serviço

São Paulo, 08 de novembro de 2016 – Para preencher uma lacuna no mercado nacional, a Locaweb lança o primeiro VPS 100% brasileiro. O novo serviço do portfólio Cloud da empresa garante uma infraestrutura com SLA de 99,9% e conta com processadores Intel E5 V4 e tecnologia SSD de armazenamento de dados.

Para contornar o problema com o custo do serviço, considerado o maior obstáculo no fornecimento de um VPS no Brasil, a Locaweb firmou parceria com a Intel e a Dell, a fim de conseguir preços inferiores aos praticados pelos concorrentes estrangeiros.

“Foi essencial entender o poder de escolha do cliente, assim como quebrar a barreira do custo Brasil e manter altos padrões de qualidade, mas foi um diferencial contar com infraestrutura nacional da Locaweb para oferecer a baixa latência e alta segurança”, conta Cássio Scozzafave, especialista de Cloud Computing da Locaweb.

O VPS Locaweb conta com as seguintes especificações técnicas:

– Sistema operacional Linux, compatível com CentOS, Ubuntu, Debian, Fedora e OpenSUSE, todos em suas versões mais recentes;

20 a 80 GB de espaço de armazenamento, usando a tecnologia SSD da Intel;

512 MB a 8 GB de memória RAM, com processadores E5 V4 da Intel, com clock de 2,2GHz;

– Transferência de 1 a 7 TB;

Proteção contra ataques DDoS;

– Baixa latência de rede;

– SLA de infraestrutura de 99,9%;

– Alta disponibilidade com caminhos redundantes em Gigabit e PTT (pontos de troca);

– Acesso Root diretamente pelo SSH ou painel de controle para facilitar gerenciamento e configuração do servidor;

– Acesso a imagens customizadas LAMP e WordPress, facilitando a configuração de novos servidores;

– Snapshot;

– API;

– Extrato de consumo;

– Gráfico de recursos

Além disso, a Locaweb já planeja as próximas atualizações do seu VPS, que contará com solução de backup integrado, gerenciamento de DNS, upgrade de plano, balanceamento de carga, entre outros. A previsão é que as novidades sejam implementadas até o º1 semestre de 2017.